sábado, 6 de julho de 2013

The Future Capítulo 6 - Verdades


Era tão bom respirar ar livre , era tão bom saber que eu estava indo para o lugar que mais me sinto bem sem medo do que pode estar me esperando , estava indo para a casa da pessoa que mais me entende , antes minha mãe com certeza estava em primeiro lugar eu sempre contava tudo pra ela e sempre ela me aconselhava  mas depois de tudo não acredito mais nisso , aprendi tanto com aqueles dias que passei na clinica as coisas que passei lá não foram as melhores lembro quando por desespero me mutilei e tive que ficar em um quarto horrível mas depois de uns dias retornei ao meu ''antigo'' quarto ainda dava pra ver as marcas nos meus pulsos mas eram tão fraquinhas que nem dava para perceber . Quer dizer acho que só minha avó tinha como perceber isso por que ela estava toda hora olhando e aquilo estava meio que me incomodando
Vó : quer me dizer o por que disso ? -ela disse enquanto dirigia , eu sabia do que ela estava falando-
Eu : Não .. quer dizer , é que eu não me sinto muito bem falando sobre isso
Vó : Tudo bem -ela sorriu e colocou a mão sobre a minha acariciando de forma protetora- o importante é que você saiu daquele lugar e esta bem agora 
Eu : Obrigada vovó .. não precisa se preocupar com isso -olhei para as marcas- já consegui me recuperar dessa fase 
Vó : Que bom ..-passou a mão no meu cabelo-
Eu : pensei em fazer uma tatuagem em cima dessas marcas 
Vó : Pra que ? você sabe que sua mãe não gosta muito dessas coisas
 Eu : Oque ela acha ou deixa de achar já não importa mais 
Vó : Lola , de qualquer forma ela é sua mãe
Eu : Eu sei disso , mas oque ela fez não tem perdão vovó 
Vó : Ok ok , mas qual o motivo dessa tatuagem ?
Eu : pra sempre que olhar lembrar oque aconteceu comigo
Vó : acho que essas coisas não deviam ser lembradas 
Eu : Não ser ''lembradas'' .. mas que eu tome como proveito sei lá , talvez para nunca mais se repetir 
Vó : E oque gostaria de fazer ?
Eu : pensei em .. uma frase 
Vó : Uma frase ? que frase ?
Eu : Stay strong .. sempre repetia ela na minha cabeça quando as coisas não ficavam boas 
Vó : Ok .. tudo bem 
Chegamos em casa e fui correndo para dentro 
Eu : vô ! .. ana ! -abracei os dois forte-
vô : querida ! graças a deus esta tudo bem .. não acredito que minha filha fez isso ! -ele passou a mão no meu rosto- minha menininha , como a Julian pode ter feito isso meu deus ? ela esta louca
Eu : Acho que apaixonada e iludida seriam as palavras certas vô -disse num meio sorriso-
Ana : Prima ! ainda bem que você voltou ..
Eu : E eu agradeço a você que me trouxe de volta 
Ana : Tenho uma mega noticia pra te falar 
Eu : Oque ?!
Ana : vou ficar aqui talvez até a faculdade ! vou estudar com você e morar aqui -gritos ecoaram pela casa inteira e nossos avós riram-
Eu : Serio ? nossa ! ... vai ser incrível Ann 
Ana : eu já frequento a escola desde ontem e lá é incrível 
Eu : por incrível que pareça sinto falta de lá -sorri-
Ana : pois vai matar a saudade amanhã , o colégio já ajeitou a sua ''volta''
Eu : Jura ? nossa .. não da pra ficar melhor 
vó : vá mostrar o quarto novo dela Ana e depois desçam para jantar 
Ana : ok
Eu : Quarto novo ? -falei confusa afinal eu já tinha um quarto lá-
Ana : é .. agora eu estou no seu quarto e você passou para o outro quarto
Eu : Nossa ! -falei chocada-
Ana : Eu sei -ela riu- eu e a vovó saímos loucas na rua pra arranjar tudo isso de ultima hora já que ela queria você aqui logo
Eu : Esta perfeito ! -passei a mão pela fronha da cama- parece muito com o meu quarto , que eu espero nunca mais voltar 
Ana : Tem até a varanda -ela sorriu e me puxou- caso você queira sair escondido como você fazia -nós rimos alto-
fui colocando minhas malas no closet e me joguei na minha nova cama , nunca tinha entrado nesse quarto mas vovó disse que era o maior quarto da casa e parece mesmo ser , como era bom ter um novo quarto , uma nova casa .. uma nova vida .
Ana : E então .. gostou ?
Eu : adorei -sorri- 
Ana : Que bom lol -ela se sentou e passou a mão na minha cabeça sorrindo- 
Eu : e então .. viu o tal justin na escola ?
Ana : ele tinha faltado mas acho que não vou falar com ele 
Descemos e vovó fez a minha comida favorita , lasanha , eu amo lasanha ainda mais a da minha avó é a melhor das melhores era tudo que precisava agora .. jantar em família , risadas e minha comida favorita minha vida estava perfeita .
Quando acabamos eu e Ann resolvemos fazer uma ''noite do pijama'' no meu quarto novo 
(...)
Julian (mãe) P.O.V - ON 
Voltei do trabalho bem tarde , olhei na garagem e o carro de Mark já estava lá 
Eu : Amor cheguei ! -coloquei minhas pastas sobre a mesa de entrada e tirei o salto-
Mark : Oi amor , chegou cedo
Eu : cedo ?! mark são 1:30 da manhã !
Mark : jura ? nossa o tempo passou tão rápido 
Eu : bom .. eu estou cansada vou dormir 
Mark : Tudo bem .. eu vou na cozinha fazer um café 
Eu : boa noite -selinho-
Mark : boa noite 
Subi e tomei um banho na banheira nossa como era bom relaxar , peguei meu roupão e fui no meu closet quando abri a parte de pijamas vi a foto da Lola nossa que saudade dela como amanhã me deram folga talvez se  eu não sair com o Mark vou passar lá . Vesti o pijama e adormeci mais rápido que a bela adormecida .
{...}
Abri um pouco os olhos e vi o sol refletido na cortina , fechei-os novamente e me virei passei as mãos no lado oposto da cama e ela estava intacta , abri os olhos assutada e quando olhei para o quarto parecia que um furacão tinha passado por aqui 
Eu : Meu deus ! -falei assustada-
Fui no meu closet e todas as minhas roupas e sapatos estavam esparramados pelo closet e a portinha do meu cofre estava aberta , meu cofre estava completamente vazio nenhum joia tinha restado . Tomei um banho rápido para ir na policia aposto que Mark deve estar lá agora .
Desci peguei uma maçã e quando estava fechando a porta vi um bilhete sobre as minhas pastas na mesa que fica na entrada , peguei o bilhete e fui para o carro . Ligava para Mark mas dava sempre caixa postal . A sinaleira estava demorando tanto que resolvi ler logo aquele bilhete 
''Querida Julian ,
Como posso explicar .. oque tínhamos não era real , nunca foi .. jamais senti algo por você . Queria apenas proveito e você não pode me dar isso com exceção de sua filha que na minha opinião é tão boa de cama quanto seu oral fajuto . Pois é , toda aquela historia que sua filha disse era a mais pura verdade como uma mãe tão tola pode acreditar nas palavras de um estranho e internar sua própria filha ? burra , você é realmente uma iludida 
E sobre suas joias ... acho que não farão falta certo ? escrevi essa carta para dizer que vou amar gastar essas suas belíssimas joias e que foi maravilhoso ver a cara da sua filha gritando e chorando pedindo socorro enquanto sua mãe achava que estava num conto de fadas ''
Eu : -chorando- desgraçado ! desgraçado ! desgraçado ! ........ como pude ser tola ?! oque eu fiz com você Lola ? -buzinas- droga !
Fui indo ao trabalho daquele imbecil nem que fosse pra acabar com o emprego daquele idiota ,eu queria acabar com aquele desgraçado,acabar com a vida dele . 
Chegando lá fui até a secretaria 
Eu : Gostaria de falar com o Mark
Secretaria : Mark ? 
Eu : Sim .. o chefe da empresa 
Secretaria : desculpe mas não trabalha nenhum Mark nessa empresa 
Eu : Como assim ? claro que tem
Secretaria : Senhora , o chefe desta empresa se chama Kaio .. acho que houve um engano -ela falou sincera-
Que ótimo ele tinha me enganado , tinha mentido pra mim o tempo inteiro . Não tinha mais oque fazer .. a unica coisa que eu precisava fazer era tirar a minha Lola daquele lugar ... Me desculpar da pessoa que sempre quis meu bem .. A minha filha .
Julian P.O.V - OFF
Lola P.O.V - ON 
Nossa .. como era bom poder voltar para a escola e rever todos os meus amigos , a namorada do Zac era mais chata do que eu pensava ela me irritava só por estar respirando . Mas isso não importa .. Era tão bom ter minhas amigas juntas a mim de novo .
A unica coisa que mais me irritava era ver as pessoas cochichando e olhando para mim como se eu fosse ''a garota maluca que não é mais maluca'' o pior é que eles nem sabem oque eu passei , só sabem que eu fui para uma clinica e fui tida como louca de resto .. nada .
Fui indo para o patio e fui parada pela abelha rainha , Blair
Blair : Ora ora ora .. vejo que a ''lolca'' voltou do hospício
Eu : ...
Blair : Ai garota você é tão ridícula -as amigas dela riram-
Eu : Me diz .. oque eu fiz com você garota  ?
Blair : sei lá .. você com esse seu jeitinho menina excluída é tão ....idiota -ela riu-
Eu : Não me julgue Blair , você sabe meu nome não minha historia  .. Você Não sabe oque eu passei 
Blair : Vejo que voltou revoltadinha  .. mas fique sabendo que hoje , amanhã e depois e depois todos continuarão achando que você é ... maluca 
Eu : Sabe .. eu não sei oque vai acontecer amanhã mas se algo acontecer sei que eu posso enfrentar 
Blair : Fala serio , se toca garota para com esse teatrinho de '' eu posso enfrentar tudo''  
carol : Já chega Blair 
Tay : Ui ui 
Eu : -fui saindo -
Blair : ei , não era você que estava dizendo que estava enfrentando tudo de frente ?
Hoje ninguém pode estragar meu dia , ninguém !
Eu : me diga Blair .. como é ter amigos , namorados pela beleza e popularidade .. me diga oque é fingir ser alguém que não é para impressionar alguém que não quer nada com você .. me diga Blair oque leva você a usar roupas curtas .. me diga oque faz de você quando esta xingando ou julgando os outros , nada você não é nada é só mais uma menina que não tem pais presentes , amigos verdadeiros , opinião própria . Já imagino seu futuro Blair ?  .. provavelmente casada com um jogador por estar tão conservada já que só sabe cuidar da beleza , sem estar formada muito menos trabalhando uma burra em pessoa ... você vai ser daquelas que vão dizer que aproveitaram a adolescência mas se parar para perceber não fizeram nada que uma verdadeira mãe  que quer um futuro promissor para o filho fez 
Blair saiu chorando e suas seguidoras se juntaram a ela também ...quando saíram vi que todos estavam olhando para mim . Estava me sentindo mal por toda aquela situação , todos olhando pra mim assustados ,com medo ou pena . Mas também tinham aqueles que estavam surpresos por eu ter dito aquilo , ter dito algo que ninguém jamais teve coragem de dizer  .
Carol : Vamos Lol vamos sentar
 A Carol e a Rachel me levaram para a mesa , quando olhei para o lado o tal justin estava sentado na mesa e estava me encarando mas logo eu desviei o olho .

Continua ...

Com 2 comentários eu continuo gatas !

4 comentários:

  1. continia diva esta muito perfeito como sempre

    ResponderExcluir
  2. Olha eu comecei a ler hoje e esta muito boa :D continua tens jeito pra isto ;)

    ResponderExcluir
  3. continua esta muito perfeito como sempre
    um selinho para o seu blog
    http://thebieberdiaryjb.blogspot.com.br/2013/07/1-selinho.html

    ResponderExcluir